24 de nov de 2014

Literatura - "O Corpo Marcado De Giz", de Oscar Calixto



Lançado em agosto deste ano, "O Corpo Marcado de Giz" já coleciona críticas favoráveis pelo Brasil. E mais: essas críticas partem tanto da mídia quanto de outros escritores, o que já por si só é um ganho imenso.

Ponto Um: Oscar Calixto tem o dom da linguagem artística. Afinal é o que se pode chamar de multimídia, o que fatalmente acaba contribuindo para uma escrita elaborada, sem ser tortuosa (ou sendo, mas não a ponto de destruir as construções literárias);

Ponto Dois: Quem se propõe a escrever, nestes dias de penúria linguística, deveria ser premiado desde a concepção da obra...

Assista abaixo o book trailer de "O Corpo Marcado De Giz"






E mais outro book trailer: Segunda História do Romance (Gustavo Flávio)




Mais sobre o livro:

1ª ORELHA
O Corpo Marcado de Giz é fascinante. A obra propõe uma metalinguagem literária nunca vista antes na Literatura Brasileira. O leitor é convidado a participar da curiosidade de um médico nada convencional que vê seu amigo tornar-se um best-seller. Em ambas as estórias (a que é lida e a vivenciada pelo médico Gustavo Flávio), o leitor é arrebatado por um clima de suspense e mistério que culmina, quase sempre, em um clímax atrás do outro, provocando verdadeiro frisson exponencial na experimentação literária.

Como em quase toda obra de Oscar Calixto, o humor, o drama e os detalhes do humano se embaralham a todo instante, fazendo com que seus personagens tomem amplitudes de caráter universal.

Os enigmas e charadas apresentadas - quase sempre com resoluções prorrogadas - despertam no leitor mais perspicaz a necessidade de solucioná-los junto com Gustavo Flávio, o que nos proporciona uma espécie de interatividade também nunca vista antes na Literatura Brasileira. 

A julgar pelo senso humanístico, esta é uma obra merecedora de muitos prêmios. Em observância à mistura de fatos reais com a delicada, criativa, autêntica, emocionante e bem-humorada ficção do autor, diria que esta é uma obra de utilidade pública!

Ruy Britto

2ª ORELHA
Oscar Calixto nasceu em Maceió, em 1979. Viveu maior parte de sua infância e adolescência na cidade de Palmeira dos Índios -- Sertão Alagoano - Cidade onde já foi prefeito o escritor Graciliano Ramos. Filho de pais divorciados, começou a trabalhar muito cedo em prol de sustentar a família. Fez faculdade de Processamento de dados e Ciências Contábeis na Bahia. Infeliz o seguimento de atuação profissional, mudou-se para Juiz de Fora, onde iniciou-se na vida artística. Considerado hoje um artista múltiplo, conquistou alguns prêmios como ator e dramaturgo.

Em 2008 publicou o livro de contos "Sobre Homens e Abismos" que acabou lhe rendendo em 2011 uma cadeira na APALCA -- Academia Palmeirense de Letras, Ciências e Artes e o título de "Mais jovem membro de Academias de Letras do Brasil". Atualmente vive no Rio de Janeiro, onde segue atuante como ator, diretor, escritor e dramaturgo.

4º CAPA
TUDO NA VIDA É UM RECOMEÇO?
O Corpo Marcado de Giz faz exatamente esta pergunta ao compartilhar, com quem acompanha suas páginas, a vida de Gustavo Flávio.

Médico-plantonista e cirurgião, Gustavo é um exemplo categórico de alguém que ama a vida e a sua profissão. Entretanto, é também o retrato mais característico de que alguém que procura, sobretudo, a liberdade. Lutando contra a possibilidade de tornar-se um escravo da medicina, busca encontrar nos amigos, nas farras descabidas e na excêntrica vida de solteiro, algo que não lhe permita viver o silêncio da solidão. Menino de Infância pobre, Gustavo teve na vida um grande amigo - Everton Prestes - com quem perdeu o contato depois de formado. Anos depois, já médico, ele descobre que Everton se tornara um célebre escritor.

Vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, o amigo tinha então seu livro publicado em Português. Curioso para conferir as astúcias literárias de Everton, Gustavo procura a edição traduzida e embarca na louca aventura de Victor - um cidadão francês que, por um golpe do destino, acaba se tornando fugitivo Internacional. 

Uma aventura de amigos pelas ruas de bairros cariocas e um encontro amistoso com o leitor que, a priori, sentir-se-á um espectador incrivelmente participativo da estória.

O Corpo Marcado de Giz não deixa pó sobre pó em sua trajetória e é, sem dúvidas, uma peça fundamental na literatura e no excepcional trabalho de Oscar Calixto.
John W. Lewis
USA, 05 de novembro de 2008.

Acompanhe a obra de Oscar Calixto em seus endereços:

Facebook  |  Canal YouTube  |  Site  |  Blog  |  Shopping UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..