25 de mar de 2011

Eu, Sua Voz E Minha Cabeça De Fórceps - By Tati Cavalcanti

Faz tempo que não postamos nada de terceiros no blog, então resolvi colocar um texto da Tati Cavalcanti que está no livro dela! :)

"Eu, Sua Voz E Minha Cabeça De Fórceps

Essa noite eu sonhei com sua voz de adolescente que sempre me levou para tantos lugares onde na real, eu nunca estive. Por falta de grana, por falta de coragem com os aviões que para mim foram feitos para cair ou por falta de saber quem eu era. Ou quem eu sou. Quando a gente não sabe nem quem era nem quem é, melhor ficar onde está. Essa é a teoria dos imbecis que, como eu, sempre morreram de medo de viver, mas viveram com o cu na mão em busca de boas histórias.
Essa noite sua voz rouca veio me falar umas coisas estranhas e sentimentais. Você continua sentimental como antes? Aquele tipo ingênuo e católico sempre foi seu maior trunfo, seu maior charme, seu maior gol de placa. Aquele seu jeito de dizer: “eu jamais fumaria maconha”. Você continuava, essa noite, pronunciando as mesmas palavras: fantástico (com o A sempre arrastado para ter mais efeito). Boa (sempre rapidamente e indolor). Show. Incrível.
E eu acordei parecendo uma barata que tomou uma chinelada com o chinelo do Nardoni. Mas com alguma chance de sobrevida, algum tipo estranho de esperança branca pérola que me dá o alívio de não desistir e acreditar que vai passar. Porque até quando não dava para passar, passou.
Essa noite eu escutei sua voz objetiva e sensual querendo me dizer todas as coisas que era para você ter dito, mas não disse. E que agora infelizmente não cabem mais em nenhum contexto. É estranho que depois de tantos contos e crônicas eu me lembre de falar da sua voz. Eu tinha esquecido como ela sempre falou mais do que você gostaria. No meu sonho sua voz estava meio trêmula, mas como de costume segura da sua importância e da sua existência.
Essa noite eu tive um sonho foi só um sonho. Porque eu sei que, nem que você quisesse muito você não diria nada. Você nunca falou mesmo, quem falava por você era esse par de olhos que eu não esqueço nunca. Que importância tem isso agora? Nenhuma, é claro que nenhuma.
Essa noite o sonho foi sonho e só isso. Esse texto é só produto da minha cabeça de fórceps unida com a minha imaginação grande, iluminada e tão cheia de desejos e mil vidas. Essa minha cabeça que participa de um jogo onde não existe game over. " 



***********
A Tati, fez um vídeo sobre o livro que ela publicou no início desse mês: " Caóticos de uma mulher crônica".
O vídeo ficou lindo! Agradecimento mais que especial para Cosa Nostra filmes que fez toda a produção e não cobrou absolutamente nada. Direção: Décio Figueiredo - Fotografia e edição: Fábio Medeiros - Áudio: Rogério "Rojão" Borrego - Make up: Adriana Ramos - Direção de arte: Guther Faggion

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..