26 de set de 2010

Em cada pessoa...


Em cada pessoa mora o silêncio de ser o que se é. A nossa verdade, o nosso real ninguém sabe... Nós sabemos do que somos feitos, o que  desperta o medo e o que gostaríamos que o outro entendesse.
E todos são iguais com as suas particularidades, suas manias insuportáveis, suas histórias importantes e sem importância. Suas metamorfoses, seus desejos.

Em cada pessoa mora uma pessoa. Uma criatura que tem sua vida, seu próprio tempo e suas vontades. Alguns com mais honestidade outros totalmente sem , mas sempre uma pessoa. Alguém que é capaz de amar, odiar, ser infeliz e infeliz. Um alguém.
Uma alguém que distribui sorrisos e lágrimas. Um alguém que sabe o que aperta o olho e o que solta a boca.

Em cada pessoa mora o segredo do que foi dito de verdade. O mundo seria mais bonito, mudo. A capacidade de verbalizar o que se pensa abre brecha para interpretação. Alguns não sabem interpretar textos, mas interpretam ideias e silêncios. Não erra quem pensa, peca quem fala o que pensa.

--- A individualidade é exercício longe do espelho. A sua individualidade você respeita, o que precisa aprender a respeitar é a dos outros. ---

==> Alguns falam tanto em julgamento final, que penso:  O melhor julgamento final é o pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..