22 de set de 2009

Várias coisas

Eu sempre quis ter um joguinho para chamar de meu, mas nunca me "encantei"com nenhum. Eis que a Meiroca me enviou uma vez um convite para utilizar o aplicativo do facebook Farm Life e adorei. Daí descobri o FarmVille também no facebook... Bom o resultado vocês já devem imaginar, a Editora tem duas fazendas lindas! Bem... Como ser mãe é abdicar de alguns direitos sorrindo... Lucas se encantou com o jogo, então joga junto! Dica de mãe pedagoga... Tanto o aplicativo Farm Life como o Farmville podem ajudar o seu filhote a entender de dinheiro, aplicações e boa ação com os vizinhos! Lucas tem um dom para matemática, e está fazendo bonito na hora de comprar, plantar e colher. Nossos vizinhos são o máximo, Luci é nossa vizinha nos dois aplicativos e Ciça é no FarmVille! Adorei essa possibilidade de escolher vizinhos, acho o máximo... Imagina se fosse assim na vida real? Eu iria adorar!

****
Notícias sobre a Editora:
*Até o final do ano, mais 4 autores novos e tão novos assim para vocês lerem seus livros, e são eles: Marcos de Andrade, Cristiano Melo, Flávio Alexandre Cavalcante e Eduardo Manciolli.

*A Coletânea Scriptus - A Livre Escrita está quase perfeita, se vocês coleguinhas não conhecem os autores vão nesse link AQUI e olhem ok? Cada autor receberá somente 20 livros então corram para garantir o seu.

* O ilustrador Danilo Marques está montando uma coletânea bem legal de autores infantis, aguardem notícias!

* O concurso da Editora está caminhando, mas duas observações importantes: 1) Poucas mulheres participando e 2) Poucos autores tem realmente algo ORIGINAL para concorrer, e justamente o que queremos é algo original que não esteja disponível na internet! Lembrem - se autores... Valorizem seu trabalho, essa lorota de tudo disponível não está com nada! Se fosse assim, todo médico, todo engenheiro faria trabalho voluntário. E só para lembrar, nem todo brasileiro tem acesso a internet, logo o trabalho que você está fazendo não é levar literatura para todos. Originais meu povo, não é a toa que existe esse nome! E já avisando... Os jurados serão divulgados no final, até para ninguém conseguir entrar em contato antes e não se preocupem que não vai ser nem eu nem David que faremos o julgamento, até pq conhecemos as pessoas, a lisura do processo ficaria comprometida.

* Estamos com uma promoção, na compra de qualquer livro da Editora, você ganha 1 grátis. Veja mais AQUI.

****
Gente, o twitter possibilita conhecer pessoas legais que escrevem coisa boa para caramba! Nessas idas e vindas, David resolveu ler o blog do Santas Sátiras que é ótimo diga - se de passagem, vale a pena ser lido e relido! Pedimos autorização para colocar o post dele aqui, mas façamos o seguinte... Leiam um pedaço do texto aqui e continuem no blog dele, vale muito a pena! UPDATE: Coloquei o texto inteiro aqui, já que vários reclamaram que não conseguiram abrir ;)

COMO CRIAR UM FIASCO DE BLOG
Percebi que há muitos posts e blogs de qualidade sobre o assunto que, em geral, pode ser marcado com as tags "blog", "sucesso", "atrair visitantes", "aumentar número de seguidores", etc. Eu sigo e acompanho avidamente todos esses blogs, que, com benignidade e generosidade, nos brindam com dicas e tutoriais sobre diversos problemas e/ou oportunidades dessa sofrida vida de blogueiro. Aqui vai meu sincero agradecimento a todos esses heróis e heroínas que nos aturam as dúvidas e nos atendem às súplicas.

No entanto, percebi que pouco espaço há para quem não deseja sucesso. Para quem deseja fragorosamente fracassar... Por isso, pondo em prática o conselho de encontrar um "nicho" de mercado, eu encontrei uma oportunidade de levar a meus colegas que desejam simplesmente que ninguém leia seu blog, ou que, por achar muito difícil o caminho do êxito, prefiram a porta escancarada da preguiça.

Como vocês já perceberam, sou um blogueiro de muito "sucesso". Meu sucesso consta de construir e manter um fiasco de blog. Poucos herói visitam esse blog para ler meus desvarios. Eles realmente são herói por aguentar minhas sandices bem calculadas. Uma salva de palmas para esses heróis. E já aproveito a oportunidade para pedir desculpas a esses meus amados leitores que podem se sentir um pouco ofendidos por seguir um blog cujo autor considera um fiasco!

Agradeço também a meus familiares. Nenhum deles teve o desatino de acessar a minha humilde página. Creio que, com isso, mostraram total inteligência e desprendimento.

Deixemos de delongas e vamos ao que interessa. Às dicas para se construir um fiasco de blog!

  1. Nunca se prepare! Nunca mesmo!

Essa lei eu afirmo que é fundamental. Pois preparação exige tempo e tempo é dinheiro (ou costumava ser...). Preparar-se é muito chato, cansativo e, segundo informações no Ministério da Saúde, causa velhice precoce. Para preparar-se? Ou, como dizia Romário (um exemplo de sucesso ético-moral para nossos filhos), treinar para quê? O blogueiro de fracasso sabe que o melhor caminho para o naufrágio é não preparar NADA, ir ao gosto do momento! A melhor vereda é escrever nada com nada, ou tudo com tudo, fazendo de seu blog uma miscelânea de assuntos disparatados, de posts, de vídeos, de fotos, de... Ah, sei lá, meus amigos. Vocês que tenham imaginação que a usem, pelo menos, uma vez na vida.
Esse conselho serve para todos os momentos do blog, desde sua criação até seu melancólico fim. Essa dica inclui sub-dicas, como:
    1. Não pesquise previamente se outras pessoas estão escrevendo blogs sobre o mesmo assunto (pois a Internet é lugar onde todo lixo de informação da terra pode ser jogado! Se você não puder jogar o seu, onde está a democracia?...);

    2. Comece o seu blog de qualquer maneira;

    3. Não agende seus posts (Internet é o lugar do imediato, do impensado. Se você começar a pensar muito, vai escrever um livro ou, pelo menos, um blog de sucesso!);

    4. Não matute muito (que é uma repetição da sub-dica anterior)

    5. Se você se planejar muito, você corre o risco de não se repetir. Pelo menos, não intencionalmente. E a repetição impensada é fundamental para um fiasco de blog! Repita-se sem medo de ser feliz! Algum guru de sucesso falou que a repetição não é a base da educação. Então, seja prolixo à beça!

De todos os conselhos, a lei da não-preparação é a mais importante para atingir o fiasco total e completo.
  1. Escreva sobre tudo. Principalmente, sobre o que você não entende ou desconhece completamente

Ninguém pode saber tudo sobre tudo. Só os gênios incompreendidos com memória fotográfica. E você já percebeu como esses gênios são chatos? Como eles discutem cada ínfimo detalhe de um problema? Mas você não precisa saber nada para criar um fiasco de blog. Basta usar sua capacidade verborrágica para discorrer sobre tudo e qualquer coisa! Tudo, como sexo, política, filosofia, humor, economia, estatística, proctologia, medicina... Tudo. Assim, você se dispersa bastante, agradando a gregos e troianos. Ou desagradando a ambos!
  1. Plágio é crime, mas...

Plágio é crime. Não plagie o blog do seu vizinho, apesar de lá a grama ser mais bonita, os layouts melhores, a criatividade mais explosiva. Plágio é como você comprar o mesmo carro do seu vizinho... só que com o dinheiro do seu vizinho. Pois, venhamos e convenhamos, o que há de difícil em um texto é o trabalho, a pesquisa, as anotações, a escrita. Aí vem um espertinho e faz ctrl-c e ctrl-v! É de amargar! E você não rouba simplesmente um bem material, como um carro. Você rouba as ideias mais íntimas, a alma do plagiado (bem, para algumas pessoas ter o carro roubado é pior do que perder a alma...). Todo escritor que se preze vai tascar-lhe um processo se você o plagiar. Se você for brasileiro e o plagiador, norte-americano, você está em maus lençóis... Mas, se você plagiar um blogueiro (e, ainda por cima, um blogueiro conhecido), você vai ser mandado para o sétimo círculo do inferno da blogosfera!
Assim, para se dar mal no mundo blogueiro, plagie! Plagie muito e demais. Copie tudo de todos. Adote o lema: na internet, nada é de ninguém! Todo mundo é de todo mundo! Fale que você é partidário do Partido Pirata, fale que você é comunista, etc. Invente alguma coisa para desculpar sua preguiça! Sempre. É regra. Os outros que são ladrões. Um ladrão que se preze não só nega ser ladrão, mas acusa os outros de o serem.
Mas lembrem-se! Eu afirmei com todas as letras: plágio é CRIME! Se você for estúpido o suficiente para plagiar, toma cuidado! Além de criar um fiasco de blog, vai levar processo nas costas.
  1. Se não tiver o que falar, embrome!

Regra básica: embrome, enrole, seja prolixo, fale de tudo que desconhece como se fosse doutor! Não deixe de se ab-rogar o título de expert no assunto.
  1. Desdenhe os comentários, com exceção dos elogiosos

Vamos lá! Quem gosta de ser criticado? Provavelmente, o crítico nunca leu “Como fazer Amigos e Influenciar Pessoas” de Dale Carnegie. Regra: nunca critique. Se criticaram o seu trabalho, malhe bastante o crítico. Se não tem argumentos, não há problemas. Simplesmente destrua a credibilidade do seu adversário. Caso você tenha alguma experiência na área jurídica ou acadêmica, vai saber do que estou falando.
Agora, quem elogia o seu trabalho, não. Sétimo céu para eles. Bajule-os bastante. Ame-os. Adule-os. De puxa-saco a puxa-saco, assim caminha a humanidade...
  1. Encha o saco de todo mundo: faça SPAM

Outra dica fundamental. Não sei se spam é crime como plágio, mas deveria ser. Se não for crime, spam é o negócio do futuro! Seja chato! Só consegue o que quer quem é chato! Entre em contato com os blogueiros famosos e peça para mandar o seu comentário! Se eles não responderem, tente novamente. Se eles bloquearem você, faça outra conta e tente de novo. O caminho para o fracasso é tão difícil quanto o do sucesso. A cada teclada de comentário em blogs alheios, cole o endereço de sua página. Se alguém passar e-mail para você, mande outros vinte com spams de seu blog.
Para um fracasso fragoroso, sempre indico começar assim: “Fulano de Tal, indica aí meu blog! Por favor, por favor, por favor!!!”
  1. Não Trabalhe

Para quê? Trabalhar pode levar ao sucesso, concordo, mas pode levar também ao fracasso. Mas não trabalhar sempre leva ao fracasso. Assim, um fiasco de blog será certo se você não trabalhar nada.
  1. Não Estude

Estudar é o mesmo que se preparar, não é?
Mas não estudar não quer dizer fracasso, não é mesmo? Há vários exemplos no Brasil atualmente...
  1. Fale sobre sua unha encravada

Não só sobre sua unha encravada, mas também de sua espinha inflamada, de sua primeira experiência sexual, de suas desavenças com o porteiro – sim, de toda a sua vida fútil! Todo mundo quer saber disso! Minto. Ninguém quer. Mas você não quer sucesso, quer? Se quiser, vai para outro blog!
Bem, essas são algumas dicas para se criar um fiasco de blog. Qualquer dúvida não me chame. Vire-se sozinho.
Até.



Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Livre para opinar, mantendo a educação..