23 de mai de 2009

Meta - se na vida de seus filhos!

Quando conheci David, ele comentou comigo que eu não deveria deixar o blog do Lucas, meu filho de 8 anos no ar, na época ele tinha 6 anos e iria fazer 7. Tinha muitas fotos dele, e vá que algum maluco as pegue e faça montagem? Bem... Deletei o blog!
Essa semana, Lucas fez 8 anos e eu queria colocar uma foto dele na net com os amigos... Pensei bem e não! Não coloco mais foto do Lucas na net, deixa ele crescer e escolher se quer ou não ver seu rostinho quando se busca no google.
A bem da verdade, é que tenho medo... Morro de medo de alguém fazer maldade com meu filho e se a maldade for virtual, do estilo somente com fotomontagem, eu iria surtar muito... É que é difícil catar um animal desses pelas orelhas e encher a cara dele de porrada!
****
Ainda hoje, existem inúmeros sites que disseminam a pedofilia. Fotos de meninas e meninos que as vezes não estão nem sem roupa, mas que pedófilos gostam de ver e imaginar. Só o fato de IMAGINAR já rende um belo tapão no ouvido, e se alguém acha que não se resolve nada com violência perdoe - me mas eu tranquilamente capava um desgraçado desses e atirava para os "leões". Não considero pessoas pedófilas doentes, não acho que mereçam tratamento e duvido que se recuperem. Esse tipo de doente se cura castrando!
É tão fácil cuidar o que os filhos fazem na internet, mas parece que existem pais que pouco se importam. Ontem mesmo vi no orkut de uma conhecida de 17 anos, fotos dela de costas com o namorado. Os dois nitidamente pelados, daí quando indaguei o pq daquilo vem a explicação "chula" : Ai o que tem? Ninguém viu meus peitos só minhas costas. "Oquei" não se discute com quem tem pai e mãe e acham que a filha já é adulta para deixar fotos dela semi - nuas na rede.
Mas o que tem demais dar um "toque" para uma sobrinha de 13 anos, para uma prima de 15 anos? Absolutamente nada! Pq depois pode acontecer alguma coisa... E é como se fosse impossivel de acontecer.
****
O Lucas tem perfil no site cartoon Network 2.0 que permite que ele converse com crianças. Assim que ele fez um perfil, recebi em meu e-mail ( pq ele só pode se cadastrar depois de informar o e-mail de algum adulto responsável). No e-mail constava senha do lucas, nome de usuário e as explicações que diziam que era para eu verificar se ele havia utilizado no cadastro alguma informação indevida... Por exemplo: Nome verdadeiro de usuário. O Lucas só pode entrar no site depois que eu "liberei" a entrada e verificaram que meu e-mail era verdadeiro. Pq não utilizar essas regras de segurança para quem utiliza o Orkut, por exemplo?
Vira e mexe eu entro no perfil do Lucas e abo as mensagens que ele recebe ou envia... Só para me certificar que nada está fugindo do controle.
E para os que acreditam que isso é "se meter na vida" dos filhos, eu digo com toda a certeza que não é. E pretendo me "meter" na vida do meu filho até o momento em que ele for adulto e poder tomar suas próprias decisões.
Meninas de 13, 14 anos hoje tem corpo de mulheres adultas, mas isso não significa que são mulheres e que tem o direito de esconder algo dos pais. Não dá para dar muita liberdade quando na verdade essas crianças e adolescentes não tem condições de se cuidar direito! Então, "meta - se" na vida de seus filhos!
***********
Esse post, faz parte da segunda blogagem coletiva - "Em defesa da Infância".
* a segunda blogagem coletiva proposta pelo Blog Diga Não À Erotização Infantil. Essa campanha foi inspirada em blogagem contra a pedofilia proposta pelo blog amigo http://luzdeluma.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..