11 de mai de 2011

O Facebook e seu patrão


Pesquisa realizada nos Estados Unidos com mais de 2.000 empresas, revela que o Facebook tem suas páginas banidas em seus computadores.

A reclamação mais comum é a óbvia e esperada perda de produtividade, em empresas que mantenham funcionários conectados às redes sociais durante o horário de expediente. Essa afirmação vai de encontro a uma declaração de psicólogos, que dizia ser mais produtivo permitir acesso do que restringir, porque criava-se uma certa atmosfera de competição entre empregados de diferentes empresas por meio das redes sociais, em especial pelo Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..