30 de dez de 2010

Intolerância na rede - devemos denunciar

Assistimos esses dias aqui em casa novamente o filme "A Lista de Schindler". Penso que esse filme deveria estar no currículo de vida de todos, levando em consideração o tanto de gente que fala besteira por aí. Por sinal, existem ótimos filmes que tratam sobre racismo, homofobia, violência contra a mulher e demais assuntos que nunca (pois é, eu falei nunca), deixam a pauta. Acredito na arte como entretenimento, mas se podemos educar e entreter ao mesmo tempo, por que não fazê-lo?

Amanhã será o último dia do ano de 2010, entraremos o ano de 2011 com um histórico triste de intolerância na rede. Pessoas que aparecem difundindo o ódio e usando de forma errônea a liberdade de expressão. Pregam o ódio contra judeus, negros, mulheres brasileiras, deficientes físicos, homossexuais e inclusive agora temos gente defendendo a legalização do estupro. E quando nos deparamos com viventes desse naipe nós, que padecemos de esperança em um novo tempo que começa, ficamos descrentes da evolução humana.

Ainda faço parte do grupo de pessoas que não perderam a capacidade de se indignar quando se depara com algum absurdo na rede. O mundo é um lugar bacana, mas alguns insistem em transformar em um show de horror. Um oceano separa o ódio da liberdade de expressão e devemos estar atentos para denunciar quem pratica qualquer ato contra um povo, um segmento, enfim, contra qualquer pessoa.

Igualdade é questão de respeito às diferenças. Não somos todos iguais em todos os momentos, não somos produtos fabricados em série, mas temos o dever de respeitar a diferença do outro. E como é bom atestar que não somos iguais aos intolerantes que difundem o sexismo, racismo e o indefensável. Aceitar o outro da maneira que ele é, não é algo discutível, ninguém tem nada com isso. Ninguém pode julgar a cor da pele, classe social, origens ou a sexualidade de uma pessoa... Simplesmente porque cada um é um.

Quando você ler um absurdo na internet, denuncie aqui http://denuncia.pf.gov.br/ Não trate com indiferença esse tipo de crime. Para os amigos que passarem por aqui, desejo um ótimo ano novo e que 2011 seja bom para todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..