21 de nov de 2010

O mundo é mágico... O ano inteiro

Me desculpem os miguxos, mas o caos pessoal é necessário, assim como um bom palavrão nem que seja no banheiro sozinha--  Liberta tanto quanto um arroto de coca-cola que vem lá do fundo. Perdão, falei arroto! Peço perdão por ousar dizer que pessoas arrotam... Mas é que hoje estou terrivelmente "apalavroada" ou seja, não ando nem aí para frufrufru.
É que hoje o dia começou cedo, ou quem sabe a noite não terminou? Fiquei esperando o despertador tocar para acordar o filhote que precisava estudar. É, pois, a cria tem nove anos e já tem semana de prova, fico tentando imaginar o que me espera quando ele tiver quinze anos.
E essa noite não dormida me fez pensar na vida ( vejam só, rimou)! E coisa bem boa a gente ter tempo de pensar nos rumos... Em tudo.Não só na nossa, mas no geral.  Porque tem horas que a gente cansa de ter uma porrada de deveres e coisas para se preocupar e ver tantos outros sem nenhum. Bobagem? Faça uma análise pessoal e extra-pessoal e veja se o problema não é com todo mundo. E se é com todo mundo, a historinha de que cada um faz sua parte, não está funcionando.
Daí que os direitos que a gente luta é de ganhar um pouquinho de respeito, um abraço de um filho, uma ligação de um ente querido que faz tempo que a gente não fala, um e-mail de um amigo,  e tantas coisas básicas que não acontecem durante o ano inteiro.
E quando chega o final de ano, eu dou um chega para lá na "miguxada" quer ser legal? Seja o ano inteiro! Abandone sua postura de filha da puta durante todo ano e imagine que é Natal nos outros meses também ( essa lógica natalina deve funcionar, para quem usa)! Os carimbados da época quando te encontram dizem: " Vou aproveitar que é final de ano e te dar um abraço, você me desculpa?" Não , não desculpe! Aprenda que desculpar para alguns é ser livre para fazer mais merda no próximo ano.
A gente tem dever de desculpar, de aceitar, de ser bacana, de não ser mesquinho. Já observaram que tudo que se faz por auto preservação é taxado como mesquinho? Temos o dever de ligar, não ligar, ser feliz, não ficar triste, acordar e trabalhar, de estudar, ensinar... E a recompensa? A recompensa é um beijo do filho depois de estudar das 5:00 da manhã até as 6:20. A recompensa é diária e não só no final do ano.
É que nos contaram a lenda que devemos fazer tudo sem esperar nada em troca... Pois eu não espero, mas algumas vezes vem falta de educação vestida de um muito obrigado.
O mundo é mágico, Gil e Caetano são mágicos, nuvens são mágicas e inclusive o churrasco de domingo é mágico ... Mas tudo é mágico o ano inteiro! O que muda nessa época é que tem uma galera que usa barba gigante e veste casaco como se estivesse no pólo norte, esses sim, estranhos conhecidos que só vemos em época de final de ano e que sempre serão queridos desconhecidos que temos vontade de abraçar e desejar: " Feliz Natal", mesmo que não nos liguem depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..