19 de out de 2009

O vizinho é sempre o pior...

Vocês já notaram, que a grande maioria das pessoas está sempre mais preocupada com a vida dos outros do que com a sua? Boa parcela das pessoas parece que tem uma capacidade imensa para escrever manual de instrução de boas maneiras, sucesso na vida, certo e errado e o que pode e o que não pode. Se o vizinho faz algo considerado errado, é um horror agora se eu faço... É normal, afinal de contas... "Todos erram", "acontece com todo mundo". O erro do vizinho é imperdoável, e sempre que eu ver ele, vou me lembrar do deslize, mas não queira se lembrar do meu... Afinal de contas, sou humano!
É uma loucura de valores controversos, e fazemos isso sempre. Se um atacante do meu time comete falta grave, é culpa do juiz; se meu partido rouba, eu tenho uma explicação para isso; quer dizer... O mundo a minha volta é perfeito e tenho sempre razão... Aham, sei... Já experimentou se olhar no espelho hoje, pessoa perfeita?

"Desconfia sempre do valor intrínseco de quem fala da sua moralidade."
(Jean Baptiste Massillon)

Todos poderiam por somente um dia, fazer um mergulho em seus próprios problemas, defeitos e tudo ruim que tem guardado. Confrontar - se com sua própria realidade... Pq não existe ninguém totalmente bom ou ruim, perfeição é algo ilusório e digo mais, transitório... Pq se amenizo o que faço de ruim por aí, mas sou o primeiro a criticar se o outro faz, não entendo o conceito de certo e errado.
"Quem disse que sua vida é um sucesso? " Faça essa pergunta em frente ao espelho, olhando bem nos seus olhos... Honestamente? Eu desconfio muito daquelas pessoas que se dizem "preocupadas" com o outro e encontram soluções imediatas para todos os problemas... Do outro... Mas e os seus? Ahhhh tá desculpa, você não tem problemas. Ou você não quer preocupar os outros com seus problemas. Considero falta do que fazer, e se você não tem problemas certamente sua vida é sem emoção. Para curar a falta do que fazer, você pode escrever um manual de auto - ajuda e para curar a falta de emoção, você pode olhar um filme de ação, ficar um mês sem pagar suas contas ( isso gera uma emoção interna incrível) ou mesmo tomar banho de cachoeira... É emocionante!
É muita teoria gente, somos um povo que adora uma teoria e não coloca em prática nem metade do que resolve. Quer ver algo realmente dar errado? Faça uma reunião bem grande e resolva finalizar o ponto. Daí pronto! Tudo está resolvido, todos vão para suas casinhas e suas vidinhas perfeitas... E não colocam nada em prática. Os resultados de teses, reuniões e tudo mais, resolvem os problemas de forma tão simples que chega a ser ridículo... Tem vezes que penso: Poxa vida! Como não pensei nisso... Está na cara! Daí coloco em prática e sempre esbarro no impossível das teorias e teses. Toda teoria finalizada tem aquele "Q" de utopia que não funciona. Enfim... Fazer o que?
Alguns não conseguem resolver seus próprios problemas, daí mudam o foco e "atacam" o problema do outro... Seguem fazendo teorias e mais teorias de como as pessoas podem se espelhar na perfeição que aquele ser iluminado tem... Falta espelho na casa de alguns! Ou as pessoas estão realmente passando pelo espelho para ver só os cabelos ou se nasceu alguma nova ruga, ninguém mais conversa na frente do espelho não? Converse com você, isso não é indício de loucura... Tente se conhecer, para depois quem sabe opinar nos problemas alheios, ou o que você pensa ser problema. Já viu? As vezes só você vê problema onde não tem. E nem sempre você foi convidado a opinar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..