13 de jul de 2009

Pede para sair ou abre espaço para os que estão vindo por aí

Eu sou uma pessoa que avalio minhas opiniões. Minha preocupação com a próxima geração é constante, uma vez que meu filho e meus dois enteados fazem parte dela... E vendo amigos e a maneira como eles crescem as vezes me questiono até que ponto serão capazes de mudar o que está errado por aí.
Também sou repetitiva, mas passada a ditadura, vieram duas gerações que infelizmente não souberam se mover. Elegeram o Lula, e ainda perpetuam no poder os grandes "discursistas" que queriam tomar o poder contra os militares. Yes! Nós temos banana, não temos castelo (não me conformo com isso) e não tínhamos representação artística para nos apoiar. Perdoem - me mas artistas sempre fizeram parte de movimentos de mudança... E na minha geração de forma específica não surgiu ninguém capaz de tocar o coração da galera para sair para o embate contra esse monte de político desonesto.
Eis que hoje, refletindo muito sobre os acontecimentos que se sucedem no País, surgem artistas para apoiar e elucidar, principalmente aqueles jovens dos 13 aos 16 anos... Sim, os artistas que hoje gritam contra o Lula, Sarney e trupe são ouvidos por pessoas dessa faixa etária, porém o velho ranço de sempre fala mais alto. Ao invés de quem escreve (pq uma coisa é escrever outra é gritar) #forasarney se unir e tocar para frente uma das únicas mobilizações chamadas sem vir por meio de massa de manobra de partidos políticos, alguns preferiram taxar os artistas de : "pseudo - celebridade" e discutir o pai da tag. Pseudo - celebridades no meu entendimento é aquele povo que sai do Big Brother Brasil e algumas pessoas que assistem o programa saem como uma manada em direção ao abate gritando e arrancando os cabelos pq amam aqueles artistas ! Chamam de artista e celebridade pq ficaram trancafiados em uma casa de luxo: comendo, bebendo tipo porco, tirando tatú do nariz e dando pum... Viva o conceito de celebridade e artista do País! Ao invés das pessoas se unirem aos artistas de direito que no meu conceito é ainda quem faz música, escreve e atua, resolveram xingar. Tipo: Tu é artista e tem mídia? Sai fora querido... Nós não queremos tu por perto!
Daí eu fico questionando até que ponto é legítimo a queixa das pessoas... Vivemos em um País desparelho, existem alguns lugares que as pessoas não tem acesso ao computador e nem sabem que raio é o tal do twitter. Até penso que se todas as pessoas que passam reclamando do Sarney o dia inteiro no computador saíssem da sua zona de conforto e gritassem pela rua fora sarney surtiria mais efeito do que discutir quem foi que começou o que. É engraçado isso, pq se surge algum "político paladino da ética" mesmo que esteja 200 anos no poder e pede para o sarney sair... As pessoas ficam contentes, se o Caetano cantasse "caminhando contra o vento sem lenço e sem documento..." As pessoas iam curtir né? Mesmo ele tendo cantado essa mesma música em outra época... Mas, artistas que falam justamente para a outra geração, são quase que chutados do movimento (?) pq "eles não tem criatividade e ainda querem roubar o início do movimento"... Hoje refletindo bem, eu não consigo entender infelizmente lógica nisso, mas tudo bem...
Só acho que deveríamos abrir espaço para quem vai começar a votar e principalmente para quem essas pessoas escutam. Enquanto alguns discutem quem é o pai da tag ou quem colocou o primeiro post sobre alguma coisa, existem artistas cantando e falando para milhares de adolescentes. Pensem, que ser artista não significa ser acima das pessoas, artista qualquer um é... Porém uns conseguem espaço na mídia e outros não.
Faz 15 ou 10 anos que você vota, e os mesmos políticos estão sendo eleitos? Desculpe! Pede para sair ou abre espaço para os que estão vindo por aí. Não vamos pecar pelo mesmo erro dos políticos eleitos que é o de só discursar e não agir.


<span class=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..