9 de mai de 2009

Influenza








Além de São Paulo, os casos suspeitos estão nos estados de Rio de Janeiro (1), Minas Gerais (4), Paraná (4), Distrito Federal (2), Goiás (2), Santa Catarina (1), Mato Grosso do Sul (1), Pernambuco (1), Ceará (1) e Rondônia (1). As amostras com secreções respiratórias desses pacientes ainda estão em análise laboratorial.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou, na manhã deste sábado, para 3.440 os casos confirmados da "gripe suína" (rebatizada de gripe A H1N1), em 29 países. Até agora, segundo a OMS, 48 pessoas morreram vítimas da doença. As informações foram divulgadas no site do órgão.



Fico aqui pensando....

Se esta modalidade de Influenza A chega aqui no Brasil e se instalar, pelo menos metade da população vai espirrar no Céu.

Se nos USA e nos México a coisa está preta; se as Oropa trazem notícias de aumento de casos; atravessando os 7 mares, avança sobre Australia e Japão, imagine se o bicho pega em terras de Bananarama?

Tudo bem, para a Influenza A conseguir seu lugar ao sol, vai ter que brigar com a febre amarela e com a dengue, mas pressupondo que ela consiga, como será o atendimento pelo SUS?

Eu tenho para mim que era hora de se tomar uma postura que é...a não postura. Devemos ser todos de agora em diante mal-educados: sem beijinhos babados no rosto ao ver um(a) amigo(a), sem apertos de mão e sem elevador cheio. Isolar-se.

Letícia e eu acertamos em nos mudar aqui para o meio do mato. Nosso contato com outras pessoas é no supermercado e olhe lá.

Nossa vida social continua a mesma, mas quanto a nossos germes, quaaaanta diferença.... Enquanto não aparecer nenhum bugio morto por nossos lados, estamos bem. E quanto à dengue, oras...essa é de casa para quem é brasileiro.

Por isso coleguinhas, em primeiro lugar vamos botar um ponto final em chamar essa gripe de suína, pois nossos colegas porcos nada tem a ver com a dita-cuja. Não foi diagnosticado nenhuma caso de contágio pelo contato direto com porcos. E a carne está livre (pobres produtores que devem amargar um baita de um preju com essa histório, incriminando seus estoques). Depois, vamos deixar de lado as ótimas recomendações de nosso Amado Guia, dizendo que não devemos nos preocupar e sim, preocupem-se (lembrem-se das marolinhas...)

Não é alarmismo, não. É consciência. Essa coisa mata. Eu quero conhecer meus netos.





IEditora Novitas

Visite o Site e o Blog da Editora Novitas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..