21 de mar de 2009

Duas coisas...

Ontem, vimos o filme o exorcismo de Emily Rose. É daqueles filmes, que não é definitivo, não prega lição de moral, não tem nenhum ensinamento e dá duas versões de um fato distinto... As dúvidas, crer ou não crer que algo existe? Crer ou não crer que o acaso pode ser um algo mais... Quem sabe um "estava" escrito? Enfim, faz pensar!
Passa muito pela questão de entendermos que não somos nada, perto de algo tão grande que para mim não tem um nome de Deus... Mas energia, mundo, não estarmos sozinhos... Entender que não somos mais especiais que ninguém, nem mais que as plantinhas.

****************

A Denise, faz tempo convidou para participar da hora do planeta.Hora do Planeta 2009.
Hora do Planeta 2009
"A Hora do Planeta é um ato simbólico no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a demonstrar sua preocupação com o aquecimento global e as mudanças climáticas. O gesto simples de apagar as luzes por sessenta minutos, possível em todos os lugares do planeta, tem o significado de chamar para uma reflexão sobre o tema ambiental.

Conhecido mundialmente como Earth Hour, a Hora do Planeta será promovida no País pela primeira vez pelo WWF-Brasil e conta com a adesão e apoio do Rio de Janeiro , a primeira cidade brasileira a aderir à iniciativa.

Em 2009, a Hora do Planeta será realizada no dia 28 de março, das 20h30 às 21h30, e pretende contar com a adesão de mais de mil cidades e 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. Mais de 170 cidades de 62 países já confirmaram sua adesão à Hora do Planeta.

Realizada pela primeira vez em 2007, a Hora do Planeta contou com a participação de 2,2 milhões de moradores de Sidney, na Austrália. Já em 2008, o movimento contou com a participação de 50 milhões de pessoas, de 400 cidades em 35 países. Simultaneamente apagaram-se as luzes do Coliseu, em Roma, da ponte Golden Gate, em São Francisco e da Opera House, em Sidney, entre outros ícones mundiais." do site

Se conseguirem, façam sua parte!
Abraços



<span class=

Visite o Site e o Blog da Editora Novitas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..