16 de mar de 2009

"Compartilhar" e "divulgar"

Estava eu lendo os assuntos da net e vejo que a comunidade do orkut "discografias e afins foi apagada da internet. Particularmente não uso o orkut, e não vejo a necessidade dessa ferramenta. Essa comunidade, pelo que consta disponibilizava várias músicas para "baixar" ... Ok, ok... Não entendo a fúria das pessoas, quando uma comunidade dessas é apagada! Pensem assim, músicos, autores, desenhistas, etc... As vezes ganham dinheiro pelo seu trabalho. Pq fazer caridade? É o mesmo que eu achar que um médico, professor, ou outro profissional precise fazer seu trabalho de graça.
A desculpa de que, "a comunidade divulga músicos" é furada, uma vez que a divulgação existe independente de alguém disponibilizar todo o cd de alguém na internet... Se a banda tem interesse ela mesma monta um perfil no orkut e ela mesma disponibiliza de graça se for o caso. Como disse uma vez Tim Maia: " quer ouvir minha música? Compre meu Cd!"
A banda Metálica, já virou vilã de quem baixa cd's sem pagar. Na ocasião, fizeram propagandas contra o " compartilhar" , do estilo... "Sua namorada é boa, compartilhe ela tb"! Virou vilã, mas não deixou de fazer sucesso e nem saiu do cenário musical.
Porque quem vive da arte precisa "disponibilizar" seu trabalho de forma gratuita? Daí vem o papo de que as gravadoras, cobram muito por um CD e tal, ou editoras cobram muito por um livro e tal... Concordo com isso, mas não vejo sentido na obrigação de "fazer de graça" . A consulta com um médico particular custa em torno de R$ 100,00 para mais, roupas são caras, sapatos, bolsas, colégio bom... Tudo é caro, mas ninguém disponibiliza seus serviços para a população de graça.
Direitos autorais protegidos, lucro pelo seu trabalho todo mundo quer (ou não, depende de cada um), mas custa respeitar um pouco o artista que vive disso?

- Essa discussão é uma via dupla... Atire a primeira pedra quem nunca "baixou" uma música? Ou mesmo um filme? Porém achar que está fazendo certo é complicado! E querer que todos os artistas concordem é mais complicado também! Se temos acesso ao artista, podemos perguntar antes, se ele precisa desse tipo de "publicidade" , se não temos acesso na dúvida, não devemos "democratizar" o trabalho dos outros... Afinal o trabalho é de outra pessoa e não seu.




<span class=

Visite o Site e o Blog da Editora Novitas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..