13 de jan de 2009

Só uma mulher é capaz de fazer (desculpa meu machismo)

Eu não sei dirigir e não me interesso muito pela coisa, a possibilidade de poder bater o carro e ferir alguma pessoa me deixa em pânico! Como o David dirige super bem, não me incomodo... Mas sou daquelas passageiras que irritam o motorista, com frases do tipo: Não corre! E com aqueles gritos abafados, quando aparece tipo mágica um cachorro na frente do carro... David é uma pessoa que tem paciência, e não tenho medo de andar de carro com ele.
Mas... Quando meu machismo se manifesta e afirmo que existem coisas no trânsito que só uma mulher é capaz de fazer... A coisa realmente acontece!
Realize a cena: Você está lendo em sua cama e escuta:
"PUMMMMMM, AHHHHHHHHHHHHHHHH, TUMTITUMTITUMTI" ( música que o povo escuta na balada)quase dentro de seu quarto.
Eu e David nos olhamos e costatamos:
" Alguém bateu o carro!"
Levantamos de nossa cama, e abrimos a janela... David fala:
" A pessoa conseguiu bater o carro na entrada do prédio!"
Automaticamente, inúmeros vizinhos descem dos seus apartamentos para ver a cena... Apesar do horário avançado descemos também... Não sem antes David ligar para a polícia e informar o que havia acontecido, vai que o motorista foge? Ou alguém se machucou?
Quando chegamos na frente do prédio, damos de cara com essa cena:

( Fotografia: David Nobrega)

Observaram bem? A moça que dirigia conseguiu estacionar o carro entre uma árvore e a entrada do prédio, o mais fantástico de tudo, foi que existia um carro na frente do prédio... E ela não bateu nele. Incrível né? É por isso que eu digo, se fosse um homem que tivesse batido na frente do prédio ele teria transformado o carro em uma lata de sardinha... Mas a mulher, conseguiu estacionar , claro que para tirar o carro dali só com guincho!
Só para constar ninguém se feriu no acidente, mas com certeza houve imprudência. Ninguém sabe ao certo se a moça havia consumido ou não bebida alcólica... Mas só para lembrar todos, a fiscalização sobre o alcool anda "froxa" , parece que só queriam arrecadar em um curto período... No interior o povo não se cuida muita com isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..