26 de abr de 2009

Direitos Autorais


O Ministério da Cultura, mantêm um debate constante sobre direitos autorais. Nesse link(direitos autorais), qualquer coleguinha de blog que escreva seus livres pensamentos, pode verificar o que pode ou o que não pode fazer com textos "perdidos" que se encontram na net, as vezes muito bem escritos por terceiros mas que uma força da natureza "desconhecida" os leva a modificar palavras e assinar como sendo de sua autoria... Acontece isso? E como... É só lembrarmos a quantidade de denúncias que aconteceram nos últimos meses ! Eu e David aqui no blog, já comentamos inúmeras vezes que internet é terra de ninguém e já falamos outras dúzias de vezes sobre direitos autorais, e esse é um dos motivos que nos faz fugir de elogios as vezes nada sinceros sobre contos e poesias que escrevemos, que no momento que vivemos disso, é completamente burro de nossa parte deixar na internet, mesmo sob registro de ISBN, pq é provado que facilmente pode ser modificado e surgir do nada com uma autoria diferente. (ponto final... É assim que leio)
Por partes, Arnaldo Jabor escreveu um texto em que reclamava que estavam atribuindo a sua autoria para uma coisa "perdida" na internet. Na pressa por escrever algo útil no blog, alguns conseguem a façanha de trocar a autoria de escritores... Como já vi acontecer com um texto de Martha Medeiros que escreveram: autor, Paulo Coelho. Mas o que quero dizer com isso? Como quem tem blog não é nenhuma Martha Medeiros, nem Arnaldo Jabor muito menos Paulo Coelho, pq estes por sua vez só os publicam depois que saiu em papel, e concordamos que receber comentários dizendo: "nossa que lindo esse texto" é inflar o ego de uma forma vazia... Devemos tomar cuidado com o que escrevemos, onde escrevemos e para quem escrevemos!

"O que é direito autoral? São os direitos que o criador de obra intelectual exerce sobre suas criações. E o que é obra intelectual? É a criação do espírito, expressa por qualquer meio ou fixada em qualquer suporte, tangível ou intangível." retirada de cartilha do Minc

Fiquei um tempo sem me conectar a internet, e somente essa semana pude tomar conhecimento das discussões que houveram sobre direitos autorais, propriedade intelectual, etc... Ainda me dou ao trabalho de ficar chocada quando isso acontece, não era para acontecer! Mais preocupante, é quando pessoas da mais "estimada lisura"... Pelo menos aparente, "encabeçam" a "turminha do deixa - disso" e resolvem passar uma enorme borracha em cima de um assunto sério, pq afinal de contas já existe legislação para isso. A "turminha do deixa - disso" existe faz muito tempo em Brasília... É aquela que cumprimenta Renan Calheiros como se ele não fosse ladrão, tem a cara de pau e coragem de sentar ao lado do Sarney com a carteira no bolso e discursar dizendo que ele é detentor da mais alta índole do País... Agora vemos que o modelo "deixa disso" faz turmas em diversos lugares... E isso é triste.

Passar um tempo sem internet é fantástico, pq temos a oportunidade de abrir mais de 200 e-mails e ver alguns atos da nossa blogosfera! Vai de "vaquinhas digitais" para manter sites pessoais ou de grupos ( recebemos 3 desses de modo SPAM) , a textos medonhos sobre teorias da conspiração, inclusive comparando com espionagem americana! Isso não é incrível? É sim... E acontece muito! E ainda os plágios ... Tão "manjados"... Tão iguais... Tão evidentes! Passar borracha e empunhar bandeiras de : " nada houve", " foi um simples mal entendido" ou até tentar provar teorias impossíveis e explicar o inexplicável atacando pessoas por pura falta de argumento misturando um sentimentalismo irreal com uma coisa séria dessas... É infinitamente medíocre.

A arte da politicagem existe! Todo mundo faz política, porém existe a política do bem e a do mal! Políticos do mal, normalmente tem como lema : " mais vale tirar do meu para colocar no teu!" Juntamente com a arte da politicagem mal, vem a arte do esquecimento... Daquele estilo
" quando? quem?cuma?" e por final "isso nunca aconteceu! ", que pode ser bem visto como hipocrisia. Temos o País que temos, pq em nossas "casas" gostamos de "esquecer" o que acontece e principalmente somos co- responsáveis por permitir isso! Alguém se lembra dos anões do orçamento? O que foi mesmo que o Renan Fez? O que se chama mensalão? E o PC Farias? O Collor é o que mesmo? E o Lula? Enfim... Como trabalhamos sempre com a negação de fatos grandes, transferimos para fatos pequenos, que fazem um grande estrago na vida de um, dois, três ou quatro pessoas.

Quando eu era pequena, eu tinha um primo que batia nos menores e dizia: " foi minha mão que voou", cuspia em outras crianças e dizia : " o cuspe saiu voando de minha boca. " Naquela época todos achavam bonitinha a capacidade de invenção do cidadão... Hoje em dia continua a mesma coisa, porém em uma escala maior. Do estilo: " clonaram meu carro, e passaram a 120km na frente do pardal" ou até " eu usei camisinha, mas a moça engravidou pq fez um furo na ponta... A culpa é dela! " Culpar os outros... Não se assume absolutamente nada, e a palavra desculpa ou perdão ou quem sabe... A culpa é minha não existem no limitado vocabulário dele e de quem é assim... Lamentável!

O que quero dizer com tudo isso, e não sei se todos que lerem vão entender onde quero chegar, é que chegamos no ápice da loucura internética! Pessoas que fazem perfil fake inventam uma vida e ainda morrem, plágios descarados para todos os lados, muitos achando que precisam ditar regras para a pessoa blogar, outros achando que detêm uma importância em milhões de usuários da net , outros fingindo que as coisas não acontecem quando são seus amigos que fazem algo de errado... Honestamente? O que é isso? Criamos nossos blogs para copiar descaradamente a falcatrua que "nossos líderes máximos" utilizam como meio de vida em Brasília? Ou se cospe em alguém e se finge que o cuspe saiu voando da boca?

É por essas e outras que a credibilidade da internet está sempre discutida, e é somente por alguns que acham que podem fazer o que quiserem com seus blogs, inclusive plagiar, que blogs são vistos como nada originais e sim aquele simples "crlt v crlt c". Conhecem a história de dois pesos e duas medidas? É bem por aí! E aquela historinha do "enfeitar" e dar significado novo para palavras? Esse é o caminho!
Denunciar o plágio e provar é tarefa de todo blogueiro que se preza. Abonar um plagiador no mínimo é uma grande falha de carater!


* A imagem do post foi retirada do google
<<span class=

Visite o Site e o Blog da Editora Novitas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Livre para opinar, mantendo a educação..