16 de out de 2008

Agradecimentos, esclarecimentos...


(Letícia, simpáticamente, descabeladamente e armada, conversando com a Scortecci)

Eu que já acreditava que meus livros estavam apegados ao depósito da Editora Scortecci pela demora ao chegarem me surpreendi ao constatar que não existe caneta, nem computador, nem ao menos diálogo entre os funcionários; uma vez que enviaram meus livros para o destino errado. ( esse foi parte do e-mail que enviei para quem comprou o livro). Quero agradecer quem comprou o livro e a paciência, agora eles estão a caminho de suas casas.

O normal de todos é comprar livros de autores já famosos e consagrados pelas editoras, e quando alguém gasta o seu rico dinheiro comprando o livro de autores iniciantes e que não tem nada publicado ainda, é muito legal! Eu me sinto honrada com isso! Obrigada de novo... quem comprou meu livro, e quem aposta em leituras novas.

Sabe... publicar um livro é uma aventura, um teste para os nervos, e haja paciência para lidar com os gerúndios da vida e com as explicações furadas. Só para constar, desde o início do ano este livro está para ser publicado... Eu iria participar da bienal do livro em agosto, porém me enviaram a prova do livro menos de um mês para o evento. Como existiam várias mudanças a se fazer simplesmente não participei, mas a editora me garantiu que lançou na bienal.

Eu e David temos problemas com atendentes, com faturas, com débito automático em conta, com bobinas de máquinas registradoras, que sempre acabam na nossa vez... Enfim se cair o dedo de algum funcionário de qualquer estabelecimento, pode crer que vai ser na nossa vez!
Este mês, foi um mês especial, recheado de discussões com as moças de vários estabelecimentos, o ouvido dói... é um tal de "Senhor David, o senhor poderia estar enviando..." "Senhora Letícia, a senhora poderia estar buscando..." que dá vontade de sentar no chão e chorar tipo criança, ou o mais radical que seria pegar um avião e estar socando o cara que criou o vocabulário telemarketing!

Esse mês também, foi o mês do "aprenda a dominar sua TPM", um mês complicado para o David que toda a hora precisava lembrar: " amor, não é a moça que está te encarando (ou me encarando) é sua visão turva da vida nessa época, calminha" "amor, não é a televisão que te odeia, é o controle remoto que está sem pilha." Captaram? Nervos à flor da pele, e o problema com os livros... Mas tudo acabou bem, os livros chegaram... Ao mesmo tempo a TPM foi embora, e todos estão felizes para sempre :)
Como estamos atarefados com vários projetos, eu e David vamos estar ficando um pouco ausentes dos blogs, ficaremos "entocados" trabalhando na próxima exposição do David, no livro dele, nos próximos livros... Viram? Estamos trabalhando, mas lendo e acompanhando os blogs de todos vocês.(David, trabalhando nos seus escritos e suas fotos, tomando um belo e bom vinho... Fala sério, esse é o trabalho que você gostaria de ter!)


Voltaremos em breve, não vamos sumir... Só um pouquinho...

Abraços!