24 de set de 2008

Convite

Stella Vives, como Florbela


Toda a pessoa, deveria ler Florbela Espanca... Uma das maiores poetas que dividiu suas letras com o mundo. Poesia é muito do gosto de cada um, e eu passei a gostar de Florbela Espanca, quando assisti a apresentação da querida amiga Stella Vives.
Florbela, escreveu sua primeira poesia aos 7 anos e desde essa época sua preferência por temas melancólicos e escusos se mostram latentes. Florbela, queria ser mãe e nunca conseguiu, casou - se 3 vezes e tentou o suicídio por 2 vezes.
A poesia de Florbela mesmo diante da melancólica tem vida, fala por si só! Apesar da sua vida sofrida lotada de preconceitos por suas ações, ela foi a primeira mulher a cursar a Universidade de Lisboa e foi precursora do movimento feminista em Portugal.
Stella Vives, faz atualmente a performance de Florbela Espanca... Veste roupas da época e declama poesias. No ano passado, tive a feliz oportunidade de participar de um sarau com a Stella... E fiquei emocionada com a maneira como ela nos apresenta Florbela. Stella Vives, participou da exposição "Porto Alegre: Imagem e Poesia"... Emprestou suas letras em três fotos que o David tirou de Porto Alegre e agora nos convida para participar da sua performance no dia 8 de Outubro das 16h 30min ás 17:00 na sala 2 do Pub John Bull em Porto Alegre.


A poesia de Florbela:

"Eu (Florbela Espanca)

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada... a dolorida...

Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,

Impele brutalmente para a morte!

Alma de luto sempre incompreendida!

...
Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...

Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,

Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!"

_______________________________________________

Agradeço aos amigos que divulgaram meu livro! Me senti radiante em ver tanta gente feliz com mais essa conquista. Beijos especiais na Luci, Meire, Rosa e Sahmany!
Só para lembrar... A capa maravilhosa do livro foi feita pelo David :)